2º dia de paralisação de servidores em Valinhos afeta Saúde, Educação, Cultura, Assistência Social e Esportes


De acordo com a Prefeitura, cinco das 17 secretarias municipais aderiram ao movimento contra o corte no pagamento de um bônus salarial por escolaridade. Manifestantes entraram no Paço e fizeram buzinaço. Servidores de Valinhos fizeram ato dentro do prédio da Prefeitura durante paralisação nesta quarta-feira (12).
Fernando Brocchi
A adesão à paralisação dos servidores municipais de Valinhos (SP) aumentou e afeta cinco das 17 secretarias nesta quarta-feira (12), 2º dia de protesto. De acordo com balanço divulgado pela Prefeitura no fim da manhã, há funcionários parados nas pastas da Saúde, Educação, Cultura, Assistência Social e Esportes.
Nesta terça (11), o Tribunal de Justiça (TJ-SP) acolheu pedido da Prefeitura e determinou que ao menos 60% dos servidores sejam mantidos nas atividades. A pena é multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento. Nesta terça, no entanto, o sindicato dos servidores informou ainda não ter sido notificado desta decisão.
Cerca de 150 manifestantes – número informado pela administração – se reuniram em frente à Prefeitura para protestar contra o corte no pagamento de um bônus salarial por escolaridade nesta quarta. Chegaram a entrar novamente o prédio do Paço Municipal para um buzinaço, onde permaneceram por cerca de 45 minutos, informou a administração municipal.
O que está parado e o que funciona na cidade
Saúde
UBS do Jardim Imperial.
UBS do Jardim Jurema.
Demais unidades de saúde têm atendimento parcial. Adesão estimada pela Prefeitura é de 50%.
Assistência Social
Creas e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Bom Retiro estão fechados. Atendem normalmente: Cras Central, Centro de Convivência do Idoso, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculos Cemoa, Serviço Especializado em Abordagem Social e Conselho Tutelar. Demais unidades estão atendendo parcialmente.
Estimativa da Prefeitura é de 50% dos servidores parados.
Educação
Das 32 escolas municipais, 19 estão fechadas (veja lista, abaixo) e 13 têm funcionamento parcial. A adesão à paralisação chega a 90% em algumas unidades.
Emeb Carlos Vieira Braga
Emeb Carolina de Oliveira Sigrist
Emeb Capivari
Emeb Horácio de Salles Cunha
Emeb São Bento
Emeb Jorge Bierrenbach de Castro
Emeb Prefeito Jerônymo A Correa
Emeb Emilio Pedro Juliatto
Emeb Edina Ap. B. da Fonseca
Emeb Rurtiko Morita
Emeb Marli Bazetto
Emeb Parque Portugal
Emeb Tomoharu Kimbara
Emeb Angela Turcatti
Emeb Emily Tofolo Mchado
Emeb Dom Agnelo Rossi
Emeb Dra. Yrma
Emeb Neize Mathedi
Emeb Tio Pedro Brandini
Esportes
Segundo a administração municipal, a Secretaria de Esportes tem 21% dos servidores parados nesta quarta-feira.
Cultura
A adesão na Cultura é de 10%, segundo balanço da administração.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: