Agente penitenciário é morto a 400 metros de CDP na Grande São Paulo

Agente penitenciário é morto a 400 metros de CDP na Grande São Paulo

Um agente penitenciário foi morto a tiros em uma tentativa de assalto, por volta das 5h36 desta sexta-feira (25), na Vila Alves Dias, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Edson Luiz da Silva trabalhava no CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Bernardo do Campo e estava a caminho do trabalho quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: