Atentado contra hotel deixa 10 mortos no sul da Somália

Pelo menos 10 pessoas morreram nesta sexta-feira (12) e outras 14 ficaram feridas em um ataque com um carro-bomba cometido contra um hotel pelo grupo jihadista Al Shabab na cidade portuária de Kismayo, no sul da Somália, informou à Agência Efe o legislador local e sobrevivente do atentado Abdirahman Ali.

Entre os mortos há funcionários de organizações humanitárias, dirigentes políticos regionais e jornalistas.

A lista de vítimas mortais inclui a conhecida apresentadora de televisão Hodan Nalayeh, que nasceu na Somália, mas viveu durante anos no Canadá e retornou recentemente ao país africano.

O alvo do Al Shabab foi o Hotel Asasey, onde a situação continua tensa horas depois do ataque, que aconteceu no meio da tarde.

O grupo jihadista reivindicou a autoria do atentado pouco depois que o mesmo foi cometido, informou no Twitter a organização americana de segurança SITE.

Além da explosão, cinco jihadistas se infiltraram no complexo hoteleiro com armas de fogo e provocaram um tiroteio, de acordo com testemunhas.

Este é o primeiro grande ataque deste tipo em Kismayo, mas os analistas locais culpam o governo federal e a administração local por descuidar da segurança como consequência das disputas políticas relacionadas com as próximas eleições regionais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: