Boca-de-urna indica empate e risco para Netanyahu em Israel

Canal 13 israelense mostra Netanyahu atrás de Benny Gantz na eleição

Canal 13 israelense mostra Netanyahu atrás de Benny Gantz na eleição Amir Cohen / Reuters – 17.9.2019

Os resultados das primeiras pesquisas de boca-de-urna em Israel indicam que a eleição desta terça-feira (17) não deram um panorama claro sobre o cenário de indefinição sobre o futuro do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e a formação de um novo governo no país. O premiê, que tenta seu quarto mandato, corre risco de ser derrotado.

Segundo as projeções, o Likud, partido de direita comandado por Netanyahu, deve ficar com 31 assentos no Knesset, o Parlamento israelense. O Branco e Azul, partido de centro-direita do ex-aliado do primeiro-ministro, o general Benny Gantz, terminaria com 33 vagas e a liderança de um futuro governo.

Leia mais: Israel vai às urnas em nova eleição, mas com as mesmas dúvidas

Somando as vagas no Knesset que os aliados de cada um dos partidos majoritários podem conseguir, de acordo com as pesquisas, nenhum deles teria, de início, a maioria de 61 votos, necessária para governar o país. A coalizão de centro do Branco e Azul teria 58 parlamentares e a do Likud, 54.

A pesquisa também indica que mais eleitores teriam participado da votação desta terça do que na eleição anterior, realizada em abril.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: