Chá verde emagrece? Tire suas dúvidas sobre a bebida

Foto: Divulgação

Folha Vitória

Folha Vitória Folha Vitória

Misture uma colher de folha verde, em 200 ml de água fervente. Deixe em fusão por 10 minutos e beba quente ou gelado. 

Substâncias presentes nos chás verde, branco, amarelo, vermelho e preto podem auxiliar a reduzir a gordura corporal e a diminuir o peso. O consumo associado à alimentação adequada e a prática de exercícios físicos ajuda a promover um emagrecimento saudável e sustentável.

1 – O que é o chá verde?

O chá verde é obtido da planta Camellia sinensis, uma árvore de pequeno porte, de origem asiática, bem adaptada e cultivada no Brasil. Os principais tipos de chás provenientes dessa espécie são derivados de seu processamento (grau de fermentação), sendo eles o chá verde, branco, amarelo, vermelho e preto.

2 – Chá verde tem efeito termogênico?

Os alimentos termogênicos aceleram o metabolismo por meio de estímulos para o aumento da atividade do sistema nervoso simpático. São exemplos algumas frutas, verduras, café, chás, especiarias e ervas, incluindo alecrim, pimentão, aipo, hortelã, soja, pimenta, brócolis, canela, gengibre e o próprio chá verde.

Estudos envolvendo o chá verde apontam que ele possui efeito termogênico. Contudo, a dose necessária para obter este efeito é variável, não sendo estabelecida quantidade exata. Em relação ao peso, os resultados ainda são controversos.

3 – Chá verde emagrece?

Substâncias presentes no chá verde auxiliam na redução da gordura corporal e na diminuição do peso corpóreo. Estudos realizados com humanos mostram aumento do gasto energético de cerca de 4% e da oxidação lipídica com o consumo de chá verde, em função de seu efeito termogênico. Contudo, as pesquisas ainda são inconclusivas a respeito da dose necessária para se obter esse efeito.

A analista técnica de políticas sociais Simone Costa Guadagnin, da Coordenação de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, destaca que não existe alimento milagroso. “De forma isolada, sem considerar toda a alimentação e a atividade física, não existe alimento algum que emagreça. O resultado na perda de peso é consequência de um estilo de vida que inclua uma alimentação adequada, como um todo, e a prática de atividade física”, indica.

4 – Como preparar o chá verde?

Os chás são uma ótima opção para ingestão de líquidos que fazem parte do hábito alimentar da população brasileira e podem fazer parte de uma alimentação saudável desde que a adição de açúcar seja nula ou mínima. 

5 – Quais são os benefícios do chá verde?

A Camellia sinensis apresenta diversos compostos bioativos e entre eles se destacam aqueles com ações antioxidantes, termogênicas, anti-inflamatórias, antiateroscleróticas, hipocolesterolêmicas, hipoglicemiantes e anticancerígenas, podendo auxiliar no tratamento de doenças crônicas, como as cardiovasculares, diabetes, obesidade e câncer.

6 – Qual dose diária devo tomar para obter os benefícios?

Os efeitos benéficos do chá verde dependem da quantidade de chá consumida e de sua biodisponibilidade. Há pesquisas ainda inconclusivas a respeito da dose necessária. Ressalta-se que ainda não existe um consenso quanto à dose e ao modo de administração ideais do chá verde, porém, alguns estudos sugerem o consumo entre as refeições, para não interferir no aproveitamento de micronutrientes do almoço e jantar.

7 – Chá verde faz bem para a saúde?

Também considerado um alimento funcional, o chá verde produz efeitos benéficos à saúde, além de suas funções nutricionais básicas. Contudo, os alimentos funcionais só funcionam quando fazem parte de uma alimentação adequada e saudável. 

Destaca-se que o chá verde é composto por catequinas que, segundo pesquisas, reduzem a incidência de certos tipos de câncer, o colesterol e estimulam o sistema imunológico. Estudo ressalta os efeitos positivos do Chá Verde na prevenção das doenças cardiovasculares, entretanto destaca que ainda são necessárias mais investigações para elucidar a melhor forma de consumo e quantidade consumida para melhores resultados. 

Texto produzido por Saúde Brasil 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: