Anúncios

Cidades do RJ acumulam mais de 100 mm em 24h

Choveu muito entre a tarde de quarta-feira (03) e a manhã de quinta-feira (04), conforme já havia sido previsto pela Climatempo. O fluxo de ar quente e úmido vindo do centro-norte do Brasil e a passagem de uma frente fria pelo mar favoreceram a formação de nuvens muito carregadas que se espalharam pelo estado do Rio de Janeiro. Os volumes acumulados até a manhã desta quinta-feira (04) já passavam de 100 milímetros em muitas cidades do centro-sul do estado. O excesso de chuva causou deslizamento de terra em Petrópolis, na região serrana .

De acordo com o Cemaden, Centro de Monitoramento Ambiental e Desastres Naturais, entre 10 horas de quarta (03) e 10 horas de quinta (04) choveu 154 mm (milímetros) em Cachoeiras de Macacu, 120 mm em Nova Friburgo, 118 mm em Itaboraí, 112 mm em Santa Maria Madalena e 110 mm em Maricá. Muitas outras cidades, como Angra dos Reis, Petrópolis, Trajano de Morais e Magé acumularam entre 80 mm e 100 mm nesse mesmo período

Foto: Climatempo

Cidade do Rio

Na cidade do Rio de Janeiro, antes da chuvarada, fez muito calor. às 10 horas da manhã de quarta-feira, a temperatura era de 36ºC. A chuva veio forte a partir da tarde e o acumulado pelo Cemaden ficou em 66 milímetros. O Alerta Rio, da Prefeitura do Rio de Janeiro, registrou 72 milímetros na região do Recreio dos Bandeirantes.

Acompanhe a chuva no Grande Rio pelo RadarRJ,  com informações do radar meteorológico do Sumaré operado pelo Alerta Rio – Prefeitura do Rio de Janeiro.

Chuva diminui nesta quinta-feira

As áreas de instabilidade mais intensas estão saindo do estado do Rio de Janeiro . A chuva já enfraqueceu no centro-sul do estado e ao longo desta quinta-feira o Grande Rio e a região serrana não devem ter mais chuva forte. Ainda chove na tarde e noite de hoje em todo o estado do Rio de Janeiro , mas a previsão é de que chova com no máximo moderada intensidade. O norte e o noroeste fluminense ainda pode ter chuva moderada a forte .

Mesmo com a diminuição da chuva, há risco de deslizamento de terrra no estado do Rio , especialmente na Baixada Fluminense,  região serrana e na Costa Verde por causa do grande volume de chuva que vem caindo desde o fim de 2017.

Nova frente fria

A chuva ainda poderá causar mais transtornos no estado do Rio de Janeiro nos próximos dias . Para esta sexta-feira (05) há previsão de mais chuva, que deve ser fraca  a moderada no litoral sul e na região metropolitana do Rio, mas ainda pode vir moderada a forte nas demais regiões.

No primeiro fim de semana de 2018, todo o estado do Rio de Janeiro terá pancadas de chuva . No sábado, 6 de janeiro, o sol aparece forte e as pancadas de chuva com raios voltam a ocorrer à tarde e em parte da noite, mas não devem se prolongar por muitas horas. Porém, no domingo, 7, o risco de temporais aumenta novamente no Grande Rio e no centro-sul fluminense, por causa da chegada de outra frente fria . No domingo não deve chover no norte fluminense.

Foto: Climatempo

Foto de Wanderley Mattos, Rio de Janeiro (RJ)

O seu vídeo pode ser divulgado no nosso canal do Youtube, no site e nas redes sociais. É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548.

Climatempo
compartilhe
comente

  • comentários
Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: