Deficientes auditivos de Sorocaba realizam Enem em vídeo prova

Deficientes auditivos de Sorocaba realizam Enem em vídeo prova

Deficientes auditivos de Sorocaba realizam Enem em vídeo prova

A partir deste ano, os deficientes auditivos que realizarem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão um novo recurso: um intérprete em vídeo, que traduzirá toda a prova para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Uma estudante que nasceu surda e muda conta com o auxílio da intérprete Hellen Araújo em sala de aula, trabalho que faz toda diferença para a formação da jovem prestes a concluir o Ensino Médio.

“Eu tenho interesse em fazer faculdade, me desenvolver. Eu quero fazer veterinária, pedagogia é uma opção e a única dificuldade é o texto escrito, mas estou preparada”, conta a jovem sobre o novo método de avaliação proposto aos surdos.

Na escola em que estuda, outros três alunos realizarão o exame contando com esse novo recurso para os surdos. O Enem recebeu em todo o país mais de 3,6 mil inscrições de pessoas com deficiência auditiva e mais de 1,6 mil alunos escolheram fazer a vídeo prova.

Além de ser o primeiro ano em que o Ministério da Educação (MEC) oferta essa opção aos surdos, também é a primeira vez que ela vai fazer uma prova em vídeo. Antes disso, havia o intérprete no local do exame para ajudar em alguns termos e traduzir as instruções da prova.

“A prova do Enem é difícil porque é em português. Agora vai ser tudo em vídeo e vai explicar bem”, ressalta a aluna sobre a oportunidade por meio da intérprete.

Para realizar o exame, os deficientes auditivos que optaram pelo vídeo terão um notebook e serão colocados em um ambiente separado.

A intérprete Hellen Araújo trabalhará no dia do Enem e diz que o novo recurso proporciona mais possibilidades para os alunos deficientes auditivos compreenderam melhor as questões.

“O candidato irá marcar e responder na prova escrita. Quem escolheu o intérprete não terá o recurso total da prova, só alguns termos e se tiver alguma dúvida poderá perguntar para o intérprete”, afirma sobre a importância da nova modalidade.

O candidato que escolheu vídeo terá duas horas a mais. Com intérprete, uma hora.

Candidatos terão intérprete no Enem (Foto: Reprodução/TV TEM)Candidatos terão intérprete no Enem (Foto: Reprodução/TV TEM)

Candidatos terão intérprete no Enem (Foto: Reprodução/TV TEM)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*