Doria lança programa para incentivar população a varrer ruas e pintar postes de SP

Prefeitura criou projeto para que voluntários participem de ações de zeladoria do próprio bairro.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta terça-feira (2) um programa para que os próprios cidadãos participem de ações de zeladoria da cidade. O projeto “Faça Seu Bairro Lindo” vai reunir voluntários para serviços como varrição e pintura de guias. Segundo a gestão tucana, a ideia surgiu a partir do grande interesse da população em participar das etapas da operação “Cidade Linda”.

O novo projeto vai funcionar em moldes parecidos com os do “Cidade Linda”, que é um dos carros-chefes da atual gestão e promove ações de zeladoria em diferentes regiões da cidade a cada semana. A diferença fica por conta dos agentes. Em vez de funcionários da Prefeitura, os trabalhos serão realizados pelos moradores de cada bairro. As ações devem, então, ser mais regionalizadas.

“O grande objetivo deste programa é a mobilização das comunidades”, disse Doria. “É um convite para a população cuidar dos seus bairros”, acrescentou ele.

De acordo com a Prefeitura, o “Faça Seu Bairro Lindo” vai acontecer todos os meses, em 32 pontos diferentes da capital (um em cada Prefeitura Regional), já a partir desta semana. A expectativa da administração municipal é, portanto, que nos próximos meses os 96 distritos da capital paulista estejam envolvidos no projeto.

Segundo o vice-prefeito, Bruno Covas, a mão de obra será concedida pela população, mas os equipamentos que permitirão a pintura de postes, varrição de ruas e retirada de cartazes e lambe-lambes irregulares serão disponibilizados pela Prefeitura. Ele também garante que o novo programa não interfere nas etapas do Cidade Linda, que seguirão acontecendo normalmente.

Na tentativa de incentivar o povo a trabalhar voluntariamente, a gestão Doria criou um concurso, chamado “Bairro Lindo do Mês”, que, como o próprio nome sugere, vai apontar qual região desenvolveu o melhor trabalho ao fim de cada mês.

O vencedor da disputa será escolhido por uma comissão que analisará critérios como número de voluntários e tamanho da área revitalizada. O concurso não concederá nenhum tipo de bonificação, explica Covas: “Vai ter um prêmio, o reconhecimento pelo prefeito, pelo secretário e pela sociedade”.

Os interessados em participar da iniciativa devem entrar em contato com a Prefeitura Regional responsável pelo seu bairro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*