Estelionatária e foragido da Justiça são presos em flagrante

Uma mulher acusada de estelionato e um homem foragido da Justiça foram presos pela Polícia Civil, durante duas ações distintas, deflagradas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul).

 

A primeira prisão ocorreu na terça-feira (17), ocasião que J.S.A. de 33, foi autuada em flagrante pelo crime de estelionato. A ação policial impediu que o valor de R$ 24 mil, proveniente do golpe, fosse sacado, consumando o prejuízo financeiro para a vítima, que é do Estado de São Paulo.

 

Leia também – Polícia apreende mudas de maconha em terreno baldio na Guia

 

Conforme apurado, o morador da cidade de Osasco (SP), se interessou por um veículo anunciado para venda através de um site da Internet, e fez uma transferência bancária no valor de R$ 24 mil, para a conta de J.S.A., residente em Rondonópolis.

 

Logo após o depósito, a vítima desconfiou da negociação e descobriu que havia caído em um golpe. Assim que a agência bancária do município de Rondonópolis foi comunicada sobre os fatos, acionou os policiais civis da Derf que imediatamento iniciaram as diligências.

 

Durante monitoramento, os investigadores flagraram a suspeita que foi abordada já dentro da agência da Caixa Econômica Federal. Em seguida, J.S.A. foi encaminhada para prestar esclarecimentos.

 

Interrogada, ela assumiu as acusações, alegando ter cometido o crime junto com um comparsa. Diante dos fatos, a conduzida foi presa em flagrante por estelionato. As investigações continuam com objetivo de identificar outros envolvidos no crime.

 

Cumprimento de mandado

Um criminoso com diversas passagens, condenação e ainda com um mandado de prisão em aberto, foi preso pelos policiais da Derf Rondonópolis, em ação realizada na quarta-feira (18).

 

Gabriel Vieira da Costa, 22, estava com a ordem judicial de prisão preventiva expedida pela Comarca local, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.

 

Durante diligências, os policiais civis descobriram que o jovem estava escondido em um endereço, no bairro Vila Clarion. De posse das informações, foi realizado monitoramento nas proximidades, e na manhã de quarta-feira (18), Gabriel foi abordado, sendo dado efetivo cumprimento ao mandado judicial.

 

Segundo levantamentos, além do mandado de prisão em aberto, o jovem possui condenação por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, e é investigado pela Derf Rondonópolis em inquérito que apura uma ocorrência de roubo majorado.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: