EUA enviarão tropas de reforço e equipamentos à Arábia Saudita

Medida será tomada após ataque contra refinaria

Medida será tomada após ataque contra refinaria
Kevin Lamarque/ Reuters – 7.10.2019

Os Estados Unidos informaram nesta sexta-feira (11) que enviarão tropas de reforço e mais equipamentos à Arábia Saudita, após os ataques cometidos contra refinarias do reino no dia 14 de setembro, pelos quais as autoridades sauditas responsabilizam o Irã.

“O secretário (de Defesa) Mark Esper informou ao príncipe herdeiro e ministro da Defesa saudita, Mohammad bin Salman, nesta manhã sobre a mobilização de tropas adicionais para garantir e melhorar a defesa da Arábia Saudita”, disse em comunicado o porta-voz do Pentágono, Jonathan Hoffman.

Esses reforços consistirão em dois esquadrões de combate (cada esquadrão de combate da Força Aérea dos EUA possui de 18 a 24 aviões militares); duas baterias antimísseis Patriot e uma defesa terminal de área de alta altitude THAAD, pela sigla em inglês.

THAAD consiste em um sistema de defesa de mísseis anti-balísticos de categoria curta e média, com capacidade de abater mísseis em queda.

O Pentágono também enviará uma Força Expedicionária Aérea (AEW, em inglês), que geralmente são unidades ativadas de forma temporária para uma missão ou um propósito específico.

O porta-voz explicou que a nova iniciativa, somada a outras anteriores, constitui “3.000 forças adicionais que foram ampliadas ou autorizadas no último mês”.

De acordo com o comunicado, desde maio o Departamento de Defesa aumentou o número de forças para aproximadamente 14 mil na zona de responsabilidade do Comando Central dos EUA, que inclui o Oriente Médio e a Ásia Central, “como um investimento na segurança regional”.

“Como dissemos, os EUA não buscam um conflito com o regime iraniano, mas manteremos uma capacidade militar forte na região que esteja preparada para responder a qualquer crise e defender as forças dos EUA e interesses na região”, disse Hoffman.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: