Heterocromia em animais chama atenção pela beleza, mas é preciso ter cuidados


Problema genético altera a coloração dos olhos e também pode se relacionar a doenças na visão e audição do animal. Animais com heterocromia chamam atenção no noroeste paulista
Um problema genético em alguns cães e gatos chama atenção de seus donos e também de pessoas pela rua pela beleza, mas também pelo fato de não ser comum: é a heterocromia, que altera a coloração e também pode se relacionar a doenças na visão e audição do animal.
De acordo com o médico veterinário José Henrique Ferreira, de São José do Rio Preto (SP), quem tem um bichinho com esta anomalia deve fazer uma visita a um veterinário para analisar se a saúde do animal está boa.
“Normalmente a heterocromia não afeta a visão. Eles costumam enxergar normalmente, mas em alguns casos específicos a alteração na cor dos olhos dos animais pode estar relacionada a algumas doenças preocupantes e pode ter alteração da visão, entre outros problemas”, explica.
Cão de moradora de Rio Preto (SP) tem heterocromia, mas anomalia não afeta a saúde dele
Reprodução/TV TEM
A estudante de veterinária Letícia Mota tem o cãozinho assim. Ele nasceu com um olho de cada cor e decidiu checar se a saúde dele estava boa. “Isso não afeta em nada a vida dele, ele enxerga normalmente. É um distúrbio e apenas é a coloração alterada”, diz.
A saúde do gato Kenay também é ótima. Ele tem um olho azul e outro verde e enxerga muito bem. A dona de casa Elaine Catarucci, dona do bichinho, é apaixonada pelo diferencial do animal e, por isso, sempre publica fotos dele nas redes sociais.
“Seria muita beleza para ficar guardada, então a gente coloca as fotos na internet para todo mundo curtir os momentos dele”, afirma. Kenay tem um olho azul e outro verde e enxerga muito bem
Reprodução/TV TEM
Gato Kenay tem heterocromia e dona é apaixonada pelas cores dos olhos do animal
Reprodução/TV TEM
Veja mais notícias do Mundo Pet

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: