Incêndio florestal na Califórnia mata 1 pessoa e tira 100 mil de suas casas

Pelo menos uma pessoa morreu e outras 100 mil precisaram deixar suas casas por conta de um imenso incêndio florestal que cresceu nos últimos dias e se espalhou pelo sul da Califórnia. Nesta sexta-feira (11), as chamas se aproximaram mais da área metropolitana de Los Angeles

Leia também: Por que lugares como a Califórnia sofrem com grandes incêndios

Chamado de Saddleridge, o incêndio já ocupa uma área de 19 quilômetros quadrados no Vale de San Fernando, a cerca de 40 km do centro de Los Angeles. A área atingida tem 23 mil residências, que foram desocupadas a pedido do poder público

Um homem, que não teve a idade ou identidade reveladas, morreu na noite de quinta-feira, enquanto ajudava no combate às chamas. Segundo as primeiras informações, ele teve um ataque cardíaco e não resistiu. Cerca de 1000 bombeiros estão trabalhando na área

Ajudadas pela baixa umidade e por fortes ventos, de cerca de 75 km/h, as chamas se espalham em uma velocidade que atrapalha ação dos bombeiros. Pelo menos 25 residências já foram atingidas, mas o comando dos bombeiros já avisou que se trata de uma estimativa baixa e o estrago pode ser sido bem maior

O governo da Califórnia está usando todos os recursos disponíveis, inclusive um avião que sobrevoa as florestas despejando retardadores de chama para tentar conter os incêndios

Cerca de 275 focos de incêndio já foram registrados nesta temporada na Califórnia. Além de San Fernando, os bombeiros também combatem chamas em áreas florestais de outras quatro regiões do estado

Há um ano, o estado da costa oeste dos EUA sofreu a pior temporada de incêndio florestais da sua história, com um número recorde de cerca de 100 mortes, entre moradores e bombeiros. Na ocasião, cerca de 8.500 focos de incêndio devastaram uma área de 18 mil km²

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: