SEGURANÇA PÚBLICA SP: AQUISIÇÃO INÉDITA DE VIATURAS BLINDADAS PARA A POLÍCIA PAULISTA

Imagem: Rivaldo Gomes / Folhapress

O governo do Estado de São Paulo realiza ação pioneira, com a entrega de viaturas blindadas para as Polícias Militar e Civil de São Paulo.

O número inicial contempla a entrega imediata de 20 viaturas para Polícia Militar, e na próxima semana mais 50, totalizando 70 nesta primeira fase. A Polícia Civil de São Paulo será contemplada com 105 viaturas blindadas.

A Polícia Militar utilizará os veículos no Batalhão de Choque e nos Baeps.

Em que pese o investimento seja inovador e deva ser aplaudido, por zelar pela segurança dos policiais paulistas, o número de viaturas blindadas adquiridas deve ser maior para a Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo e preventivo, o que é feito de forma caracterizada.

Já a Polícia Civil, cuja essência prima pela descaracterização nos trabalhos investigativos, deveria ter suas viaturas descaracterizadas e monitoradas por central. Isso auxiliaria em muito o trabalho de uma das melhores polícias judiciárias do país.

Outro ponto a ser destacado é a ampla divulgação do tipo de blindagem utilizada nos veículos: esse tipo de informação não deveria ser divulgada, a bem da própria segurança dos policiais, haja vista o poderio econômico e de fogo do crime organizado.

Sempre é bom lembrar que nossas fronteiras ainda apresentam fragilidade no seu policiamento, o que possibilita o ingresso, no território nacional, de drogas e armas pesadas, com calibre superior ao suportado pela blindagem das viaturas paulistas. Investimento estratégico se faz com inteligência.

Aqui você já sabe: virou notícia, Brasil Comenta!

 

Share and Enjoy !

0Shares
0

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *