COVID-19 NO BRASIL: ÍNDIA NEGA FORNECIMENTO DE VACINA AO GOVERNO BRASILEIRO

Montagem sobre fotos/Dida Sampaio/Francisco Cepeda/Estadão Conteúdo

 

Como era esperado: a demora do governo brasileiro em buscar vacinas e insumos resultou na negativa do governo indiano, por impedimento logístico, em fornecer a quantidade de vacina esperada pelo governo brasileiro: dois milhões de doses.

Agora, após anúncio de que a vacinação começaria no dia 20/01 – apenas para inglês ver – o governo envia ofício ao Instituto Butantã exigindo o fornecimento das seis milhões de doses produzidas pelo Instituto com dinheiro do governo paulista.

Vergonhosa a postura do governo federal, que coroa com espinhos o combate à pandemia no país, desde as atabalhoadas falas do presidente Bolsonaro, passando por sua conduta de pleno incentivo ao negacionismo, até a falta de vacinas e de insumos para iniciar o programa de imunização brasileiro.

Para evitar que as vacinas produzidas em São Paulo sejam simplesmente confiscadas pelo governo federal, o governador João Dória determinou a adoção de medida judicial para impedir esse descalabro.

Enquanto isso, mortes e mais mortes se avolumam. O povo tem choro e ranger de dentes em meio à patética e insensível atuação do presidente Bolsonaro e do governo federal, em contraposição à postura do governador de São Paulo, João Dória Jr, que cumpriu à risca o seu papel, sagrando-se o mais responsável, efetivo e ágil gestor público do país no combate à pandemia. 

Dória dá show de gestão e de comunicação no governo federal, que chega a dar pena, pela incompetência.

Se mais vidas não forem ceifadas no Brasil, principalmente em São Paulo e nos estados que solicitaram parte da produção do Instituto Butantã, será pela ação do governador João Dória Jr.

Esta é a verdade que precisa ser dita, gostem alguns ou não, doa a quem doer.

Aqui você já sabe: virou notícia, Brasil Comenta!

Share and Enjoy !

0Shares
0

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

3 thoughts on “COVID-19 NO BRASIL: ÍNDIA NEGA FORNECIMENTO DE VACINA AO GOVERNO BRASILEIRO

  1. Incrível essa politização da vacina paga com vidas humanas. Estamos vivendo um momento crítico na saúde, economia e também moral. Todos são culpados. Governo federal, STF e governo paulista.

    1. As instituições, mesmo de forma capenga, cumprem o seu papel. O governo paulista fez a sua parte, agindo rápido para que tivéssemos a vacina. A publicidade excessiva decorre, realmente, da politização da pandemia, sendo alimentada pela inércia do governo federal. Triste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *