EX-MULHER DO PRESIDENTE BOLSONARO TERIA RECEBIDO DINHEIRO DE “RACHADINHA”

imagem: Alberto Villas

*imagem: Alberto Villas

 

Conforme informação exclusiva do portal do UOL, a ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, Ana Cristina Valle, teria ficado com R$54 mil reais da irmã, Andrea Cristina Valle, que foi assessora do presidente na época em que ele era parlamentar.

Andrea trabalhou no gabinete do então Deputado Federal Jair Bolsonaro entre 1998 e 2006, e o saldo de sua conta corrente teria sido repassado para a irmã, Ana, mulher do parlamentar à época.

O UOL teve acesso à quebra de sigilo da ex-assessora. Segundo a reportagem do portal,  os dados constam de transações identificadas na quebra de sigilo de Andrea, determinada no âmbito da investigação do caso da “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro): A prática de devolução ilegal de salários de assessores. A quebra foi autorizada porque Andrea também trabalhou para Flávio Bolsonaro.

A cada dia mais podres aparecem ligados à atuação parlamentar do filho do presidente, Senador Flávio Bolsonaro, chegando cada vez mais próximos ao presidente. Que as investigações prossigam e cheguem à verdade dos fatos, com punições severas aos culpados.

Aqui você já sabe: virou notícia, Brasil Comenta. 

Share and Enjoy !

0Shares
0

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *