COVID-19 NO BRASIL: MORTES PODEM CHEGAR A 4.000 POR DIA

Prefeitos de várias regiões do país já se desesperam por conta da estimativa dos números crescentes de mortes, em razão da Covid-19.

Os gestores estimam que chegaremos, em breve, ao absurdo número de 4.000 mortes diárias.

Não demorará muito para que os mercados comuns existentes no mundo cogitem isolar o Brasil, até que o governo mude a sua condução do combate à pandemia. Seria um duro golpe no governo Bolsonaro e na economia brasileira, que não merece passar por tamanho estrago, que repercutirá na vida da população, gerando mais miséria e desemprego.

Mesmo com esse dado catastrófico não se vê qualquer movimento ou fala do presidente Bolsonaro no sentido de mudar os rumos da condução do combate à pandemia no país. Em verdade, o presidente em seu último discurso no Palácio do Planalto dobra a sua aposta na sua conduta.

Se não houver um pacto entre os poderes da União, somando-se a eles os estados e municípios, o país se transformará em um grande cemitério, com a economia quebrada. Não há economia sem vidas. Pena que o governo federal parece não acreditar nisso.

Aqui você já sabe: virou notícia, Brasil Comenta.

Share and Enjoy !

Shares

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

2 thoughts on “COVID-19 NO BRASIL: MORTES PODEM CHEGAR A 4.000 POR DIA

  1. Concordo plenamente com essa análise, a situação é crítica, as pessoas ficando apavoradas em uma situação que vai tomando conta de toda a sociedade, algo inacreditável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *