NOTÍCIAS MÉDICAS

CENTRALX

Vacina da Johnson & Johnson pode ser menos eficaz contra a variante delta do coronavírus, sugere estudo

Vacina da Johnson & Johnson pode ser menos eficaz contra a variante delta do coronavírus, sugere estudo O aumento da prevalência de variantes do SARS-CoV-2 levantou preocupações sobre possíveis diminuições na eficácia das vacinas. A vacina contra o coronavírus produzida pela Johnson & Johnson (Janssen Farmacêutica) parece ser muito menos eficaz contra as variantes Delta e Lambda do que contra o vírus SARS-CoV-2 original, de acordo com um novo estudo publicado online na plataforma bioRxiv. Os anticorpos desencadeados pelas vacinas da Pfizer e da Moderna, baseadas em RNAm, mostraram resistência de neutralização modesta contra variantes Beta, Delta, Delta plus e Lambda, enquanto os anticorpos desencadeados pela vacina da Janssen, baseada em vetor adenoviral, eram de baixa concentração de neutralização. O novo estudo ainda não foi revisado por pares nem publicado em uma revista científica. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 21, 2021, 2:51 pm

Uma única pressão arterial elevada antes de 20 semanas de gestação aumenta o risco de resultados adversos da gravidez

Uma única pressão arterial elevada antes de 20 semanas de gestação aumenta o risco de resultados adversos da gravidez Um estudo publicado na revista científica Obstetrics & Gynecology buscou avaliar os resultados maternos e fetais entre mulheres com uma única pressão arterial elevada antes de 20 semanas de gestação. Os resultados mostraram que mulheres com uma única pressão arterial elevada antes de 20 semanas de gestação apresentam risco aumentado de distúrbios hipertensivos da gravidez e parto prematuro iatrogênico. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 20, 2021, 3:13 pm

Uso de antiepilépticos na gravidez não levou a piores resultados cognitivos na prole aos 2 anos, em comparação a crianças não expostas à medicação

Uso de antiepilépticos na gravidez não levou a piores resultados cognitivos na prole aos 2 anos, em comparação a crianças não expostas à medicação Os medicamentos anticonvulsivantes mais antigos apresentam um alto risco de defeitos físicos congênitos e déficits cognitivos em crianças expostas durante a gravidez.
Mas os mais novos medicamentos anticonvulsivantes são muito mais seguros para uso durante a gravidez e a amamentação, de acordo com um estudo publicado no JAMA Neurology. O estudo avaliou os resultados cognitivos de crianças de dois anos de idade de mulheres grávidas com epilepsia. A exposição a medicamentos anticonvulsivantes em crianças de mães com epilepsia não mostrou associação com o domínio da linguagem. No geral, os resultados das crianças aos 2 anos de idade não diferiram entre os filhos de mulheres com epilepsia que tomam medicamentos anticonvulsivantes e os filhos de mulheres saudáveis. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 20, 2021, 2:35 pm

Estudo revela associação genética entre esquizofrenia e área de superfície e espessura cortical do cérebro

Estudo revela associação genética entre esquizofrenia e área de superfície e espessura cortical do cérebro Até que ponto a arquitetura genética da esquizofrenia é compartilhada com a área de superfície e espessura cortical do cérebro? Neste estudo, publicado no JAMA Psychiatry, os conjuntos de dados revelaram que 94% das variantes genéticas associadas à área de superfície cortical total e todas as variantes associadas à espessura cortical média também foram associadas ao risco genético de esquizofrenia, apesar das correlações genéticas não significativas. Dessa forma, a quantidade de variantes genéticas compartilhadas entre a esquizofrenia e a estrutura cortical do cérebro sugere mecanismos genéticos moleculares sobrepostos entre o desenvolvimento cortical e a esquizofrenia. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 19, 2021, 2:32 pm

Medicamentos para pressão arterial que cruzam a barreira hematoencefálica podem ajudar a preservar a recordação da memória em idosos

Medicamentos para pressão arterial que cruzam a barreira hematoencefálica podem ajudar a preservar a recordação da memória em idosos Em novo estudo, publicado no periódico Hypertension, os pesquisadores avaliaram a relação entre o uso de drogas voltadas para o sistema renina-angiotensina que atravessam a barreira hematoencefálica e a cognição em idosos. Os resultados da metanálise de 14 estudos sugerem que o uso de agentes anti-hipertensivos conhecidos por cruzarem a barreira hematoencefálica foi associado a uma melhora na recordação da memória ao longo do tempo em comparação com agentes não penetrantes em idosos com hipertensão, apesar de apresentarem uma carga de risco vascular mais elevada. Essas descobertas representam a evidência mais poderosa até o momento ligando os inibidores da ECA penetrantes no cérebro e os bloqueadores do receptor da angiotensina a um menor declínio da memória.  [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 19, 2021, 1:40 pm

Doxiciclina por 7 dias foi superior à azitromicina em dose única para o tratamento da Chlamydia trachomatis retal assintomática

Doxiciclina por 7 dias foi superior à azitromicina em dose única para o tratamento da Chlamydia trachomatis retal assintomática A clamídia retal é uma infecção bacteriana sexualmente transmissível comum entre homens que fazem sexo com homens. Os dados de ensaios clínicos randomizados e controlados são necessários para orientar o tratamento. Neste estudo, publicado pelo The New England Journal of Medicine, os resultados indicaram que um curso de 7 dias de doxiciclina foi superior à azitromicina em dose única no tratamento da infecção retal assintomática por clamídia, com a cura biológica ocorrendo em 96,9% dos homens no grupo da doxiciclina, e em 76,4% dos homens no grupo de azitromicina. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 16, 2021, 11:44 am

Pessoas com diabetes tipo 1 e transtornos alimentares têm riscos consideravelmente aumentados de cetoacidose diabética e morte

Pessoas com diabetes tipo 1 e transtornos alimentares têm riscos consideravelmente aumentados de cetoacidose diabética e morte Uma pesquisa publicada na revista Diabetes Care buscou determinar o risco de cetoacidose diabética e mortalidade por todas as causas entre adolescentes e adultos jovens com diabetes tipo 1 com e sem transtorno alimentar. Na base populacional avaliada, de Ontário, Canadá, dentre as pessoas com 10 a 39 anos de idade com diabetes tipo 1, 0,8% tinham histórico de transtornos alimentares. A pesquisa demonstrou que adolescentes e adultos jovens com diabetes tipo 1 e transtornos alimentares têm mais do que o triplo do risco de cetoacidose diabética e quase seis vezes mais risco de morte em comparação com seus pares sem transtornos alimentares. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 15, 2021, 1:15 pm

Maior frequência de interrupções do tempo sentado traz benefícios para o metabolismo pós-prandial no diabetes tipo 2

Maior frequência de interrupções do tempo sentado traz benefícios para o metabolismo pós-prandial no diabetes tipo 2 Estudo publicado na revista Diabetes Care buscou determinar se a interrupção do tempo sentado com breves sessões de atividades de resistência simples em diferentes frequências melhora a glicose pós-prandial, a insulina e os triglicerídeos em adultos com diabetes tipo 2 controlado por medicação. Foi demonstrado que a interrupção do tempo sentado prolongado com atividades de resistência simples de 6 minutos a cada 60 minutos reduziu as respostas da glicose pós-prandial e da insulina, tanto em comparação com estar sentado ininterruptamente por 7h, quanto em comparação com atividades de resistência simples de 3 minutos a cada 30 minutos. Não houve efeito estatisticamente significativo quanto aos triglicerídeos. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 15, 2021, 12:37 pm

Antidepressivos ISRSs e ISRSNs se mostraram eficazes para transtornos de ansiedade, obsessivo-compulsivo e relacionados ao estresse

Antidepressivos ISRSs e ISRSNs se mostraram eficazes para transtornos de ansiedade, obsessivo-compulsivo e relacionados ao estresse Transtornos de ansiedade, obsessivo-compulsivo e relacionados ao estresse frequentemente co-ocorrem, e os pacientes frequentemente apresentam sintomas em vários domínios. O tratamento envolve o uso de inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRSs) e inibidores seletivos da recaptação da serotonina e norepinefrina (ISRSNs), mas faltam dados sobre eficácia comparativa e aceitabilidade. Neste estudo, publicado na revista PLOS Medicine, observou-se que todos os ISRSs e ISRSNs foram eficazes para múltiplos domínios de sintomas e em pacientes de todas as categorias diagnósticas incluídas. Foram encontradas diferenças mínimas entre os medicamentos em relação à eficácia e aceitabilidade. Essa metanálise de rede de três níveis contribui para uma discussão em andamento sobre o verdadeiro benefício dos antidepressivos com evidências robustas. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 14, 2021, 2:14 pm

Estimulação do nervo occipital reduziu substancialmente a frequência de ataques na cefaleia em salvas crônica intratável com medicamentos

Estimulação do nervo occipital reduziu substancialmente a frequência de ataques na cefaleia em salvas crônica intratável com medicamentos Novo estudo, publicado pelo The Lancet Neurology, buscou estabelecer se a estimulação do nervo occipital poderia servir como um tratamento eficaz para pacientes com cefaleia em salvas crônica intratável com medicamentos. Foi demonstrado que a intensidade de estimulação do nervo occipital de 100% e a intensidade de estimulação do nervo occipital de 30% reduziram substancialmente a frequência de ataques e foram seguros e bem tolerados. A mediana das frequências médias de ataques semanais na população total diminuiu desde o início para 7,38 nas semanas 21-24, uma alteração mediana de -5,21 ataques por semana. Pesquisas futuras devem se concentrar na otimização dos protocolos de estimulação e no desemaranhamento do mecanismo de ação subjacente. [Mais...]

Comentar - Enviar para um amigo

Author:
Posted: July 14, 2021, 12:40 pm

Share and Enjoy !

Shares