Irã pede a Reino Unido que libere petroleiro retido em Gibraltar

Autoridades de Gibraltar sustentam que a embarcação levava petróleo para a Síria

Autoridades de Gibraltar sustentam que a embarcação levava petróleo para a Síria Cengiz Tokgoz/Reuters – 1.3.2019

O Irã pediu nesta sexta-feira (12) ao Reino Unido para libertar “o mais rápido possível” o superpetroleiro iraniano retido há mais de uma semana em Gibraltar, depois que a polícia local deteve o capitão e o primeiro oficial da embarcação.

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores iraniano, Abbas Musavi, disse que as razões do Reino Unido para confiscar o superpetroleiro Grace 1 são “irrelevantes do ponto de vista legal”, segundo a agência oficial “Irna”.

As autoridades de Gibraltar sustentam que a embarcação levava petróleo para uma refinaria da Síria, o que viola as sanções impostas pela União Europeia (UE), mas o Irã nega que o país árabe fosse seu destino.

A esse respeito, Musavi afirmou que o Grace 1 “não pode atracar nos portos sírios porque é um superpetroleiro” e que, embora se dirigisse ao país árabe, se supõe que as sanções europeias não são extraterritoriais.

“A nossa pergunta aos britânicos é se a República Islâmica do Irã está sob sanções da União Europeia. A Europa está impondo sanções ao petróleo (iraniano)?”, questionou Musavi.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: