Itália quer ‘destruir’ projeto europeu, diz comissário da UE

Oettinger: 'Alguns querem destruir o projeto europeu'

Oettinger: ‘Alguns querem destruir o projeto europeu’ Sean Gallup/Getty Images/6.12.2016

O comissário para Orçamento da União Europeia, Günther Oettinger, afirmou nesta terça-feira (4) que o governo da Itália quer “destruir” o projeto europeu, assim como desejam Polônia, Hungria e Romênia.

As declarações, reportadas pelo site “Politico”, foram dadas durante um evento em Bruxelas, “capital” da UE, e arriscam aumentar ainda mais a tensão entre o bloco e Roma, já elevada por causa da crise migratória no Mediterrâneo.

“Alguns na Europa querem enfraquecer ou até destruir o projeto europeu: a Polônia, a Hungria, a Romênia, o governo italiano”, disse Oettinger.

Autoritarismo em alta

Os três países do leste citados pelo comissário não contribuem para o acolhimento de refugiados resgatados pela Itália, e Polônia e Hungria ainda ensaiam derivas autoritárias.

Já Roma ameaça impedir a aprovação do próximo orçamento do bloco em função da falta de colaboração de outros Estados-membros na emergência migratória.

Procurada para comentar as declarações do colega, a comissária da UE para Justiça, Vera Jourová, reconheceu que o bloco está sendo “desafiado”, mas disse que a imagem traçada por Oettinger é “muito escura” e fruto de “um dia difícil”.

O comissário para Orçamento ainda afirmou que a União Europeia está sob risco por causa “dos autocratas que usam guerras comerciais e agressões”, citando os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e dos “espertalhões chineses”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: