Anúncios

Kim Jong-un levou até banheiro próprio para cúpula em Cingapura

Kim levou dez horas para chegar a Cingapura num Boeing da Air China

Kim levou dez horas para chegar a Cingapura num Boeing da Air China KCNA via Reuters / 10.6.2018

A viagem do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, para Cingapura, local do encontro desta segunda (11) à noite (manhã de terça no horário local) com o presidente dos EUA, Donald Trump, foi um desafio logístico para o governo norte-coreano, que envolveu o uso de três aviões para despistar potenciais ataques e até o transporte de um banheiro químico especial para Kim.

As informações são do jornal sul-coreano Chosun Ilbo. No domingo, três aviões decolaram de Pyongyang no intervalo de uma hora: um IL-62 e um IL-76, ambos de fabricação soviética feitos entre os anos 1960 e 70 e pertencentes ao governo da Coreia do Norte, e um Boeing 747 cedido pela Air China.

Rota diferente

O primeiro avião a chegar a Cingapura foi o IL-76, que carregava comida, a limousine blindada do líder norte-coreano e uma cabine de banheiro químico, para que ele não use privadas conectadas à rede de esgotos de Cingapura.

Para garantir a seguran de Kim Jong-un, que até visitar Pequim no início do ano, jamais havia saído oficialmente da Coreia do Norte, o Boeing da Air China fez uma rota muito mais longa que a normal.

Em vez de fazer o caminho normal, que levaria seis horas e sobrevoaria Xangai a caminho de Cingapura, mas percorreria grandes trechos de oceano, o avião passou por cima de Pequim, fazendo com que a viagem demorasse dez horas. Dessa forma, o voo foi quase todo sobre a China continental, onde o tráfego aéreo é mais monitorado.

O IL-62, bem mais antigo que os outros, levou a irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong, e outros membros do governo.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: