Mãe-de-taoca-papuda segue formigas-de-correição para se alimentar

A espécie chega a 15 centímetros na fase adulta e o macho e a fêmea se diferenciam pelas cores.

A Mãe-de-taoca-papuda (Rhegmatorhina hoffmannsi) ave encontrada principalmente na Amazônia,Rondônia e noroeste do Mato Grosso.

A espécie pertence à família Thamnophilidae e geralmente se alimenta próxima ao solo, onde tem o costume de seguir formigas-de-correição.

Durante o período de reprodução, a ave constrói um ninho com materiais secos em forma de tigela aberta e o instala sobre uma base firme próxima ao chão.

Na fase adulta a espécie chega a medir 15 centímetros e pesar até 34 gramas. O macho e a fêmea têm aparências diferentes.

A parte superior do macho é marrom e apresentam a coroa e a nuca de coloração preta. O manto, asas e cauda são de coloração marrom esverdeado. A face, garganta e peito são brancos e o ventre cinza.

As fêmeas têm o ventre de coloração castanho claro, manto e asas de coloração castanha com pintas pretas e a cauda de coloração castanha.

Ambos os sexos possuem uma pele orbital amarelo esverdeada, olhos escuros, bico, tarsos e pés de cor cinza azulado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*