Manifestantes realizam ato em solidariedade ao Museu Nacional

Grupo se concentrou em frente ao Maracanã

Grupo se concentrou em frente ao Maracanã MAGALHÃES JR./PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/07.09.2018

Um ato público em solidariedade ao Museu Nacional da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) foi realizado na zona norte do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (7). Quase uma semana após o incêndio que atingiu o prédio histórico, manifestantes protestaram contra a destruição da Memória, Educação, Ciência e Tecnologia, além dos cortes de gastos por parte do governo nestas áreas.

Por volta das 9h, o grupo se concentrou em frente ao Museu do Índio, no Maracanã, e seguiu em caminhada até o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista. Muitos exibiram camisetas, faixas e cartazes em que manifestavam o luto pela destruição de parte do acervo. 

Museu Nacional: Conheça as peças do acervo perdidas no incêndio

Verbas repassadas para o Museu Nacional despencaram desde 2013

No último domingo (2), um incêndio de grandes proporções atingiu o Museu Nacional, que guardava 20 milhões de itens, entre eles um dos fósseis humanos mais antigos encontrados até hoje nas Américas, com 12 mil anos de idade, batizado de Luzia. Em solidariedade, diversos países ofereceram apoio ao Brasil para reconstrução e restauração do Museu Nacional.

O museu não contava com brigada de incêndio, nem seguro para o acervo, segundo a vice-diretora, Cristiane Serejo. A Polícia Federal está a frente das investigações do acidente. 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: