Mercado de PCs no Brasil encolhe 20% no 1º trimestre

A venda de computadores pessoais no Brasil caiu um quinto nos três primeiros meses deste ano em relação ao período correspondente de 2014, segundo relatório da consultoria especializada em tecnologia IDC, publicado nesta quinta-feira (14).

Foram comercializados 1,964 milhão de PCs no trimestre, ante 2,4 milhões no ano passado, cifra que também representava retração (de 26%) em relação a 2013.

A empresa disse que esperava volume maior de vendas no período. “Esse começo de ano foi muito turbulento e isso impactou diversos setores da economia”, afirma Pedro Hagge, analista de pesquisas da IDC Brasil.

Segundo ele, a confiança da indústria e do consumidor foi prejudicada e há cautela em relação a investimentos.

Além disso, houve reajuste de cerca de 15% a 20% nos preços dos computadores, o que afetou ainda mais nas vendas.

“O mau desempenho do quarto trimestre do ano passado e a opção por outros dispositivos, como smartphones, também influenciaram o resultado de vendas de PCs no primeiro trimestre desse ano”, completou.

A Dell foi a fabricante com a maior participação de mercado no período, com 15,8% do segmento.

Danilo Verpa – 18.abr.15/Folhapress
Vendedor demonstra computador de mesa em loja de informática em São Paulo
Vendedor demonstra computador de mesa em loja de informática em São Paulo

Oitocentos e quatro mil dos computadores vendidos no período eram desktops (de mesa); e 1.160 eram notebooks.

Segundo o IDC, o preço médio dos computadores de mesa no Brasil é de R$ 1.701, ante R$ 2.320 dos portáteis.

Com Reuters

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*