MP denuncia ex-secretário e vereador por fraude em licitação

Ministério Público, MPE, MP

Ministério Público, MPE, MP Gazeta Digital

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) ofereceu na quarta-feira (30) denúncia criminal contra o ex-secretário de Infraestrutura do município  de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), Ademir da Silva. Também foram denunciados o atual vereador Daniel Pereira de Andrade e seu filho, Daniel Pereira de Andrade Júnior. Os 3 são acusados de promoverem  irregularidades em procedimento licitatório. 

 

Leia também – Estado não é feito só de servidor público, afirma Mendes

 

O ex-secretário de Infraestrutura vai responder pelo crime de dispensa de licitação fora das hipóteses previstas em lei. O atual vereador Daniel Pereira de Andrade e seu filho também foram denunciados pelo mesmo crime. O contrato em questão, conforme a denúncia, teve como objeto a construção de uma ponte de madeira de 30 metros, sobre o Rio Madalena, localizado na linha 8, na Comunidade Agrovila.  

 

“Verificou-se que a empresa Daniel Pereira Andrade Júnior – ME, de propriedade dos denunciados Daniel Pereira de Andrade Júnior e representado por Daniel Pereira de Andrade, foi contratada diretamente, sem que ficasse registrado a ausência de interesse de mercado, tampouco qualquer causa de dispensa legal ou causa de inexigibilidade”, diz a denúncia. 

 

Conforme o MPE, os denunciados apresentaram o valor inicial de R$ 180 mil para fins de realização da obra, mas, durante a sua execução, receberam o montante de R$ 268 mil, sem qualquer justificativa, indicando o superfaturamento da obra realizada, com dano ao erário de R$ 88 mil.

 

Além da denúncia criminal, o MPMT também propôs ação civil pública contra os requeridos. A Justiça, inclusive, já  acatou o pedido efetuado pela Promotoria de Justiça de Colniza e decretou, liminarmente, a indisponibilidade de bens dos envolvidos.

 

(Com informações da assessoria)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: