‘Não temos compromisso com governo’, diz Alckmin em evento em SP

Governador participou de seminário ao lado de João Doria; prefeito afirmou que relação entre os dois é “indivisível”.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou neste sábado (27) que adota uma postura de compromisso com o país e com as reformas trabalhista e da previdência, mas que não tem compromisso com “governo”.

“Nós não temos compromisso com governo, temos compromisso com o Brasil, com as reformas, com a retomada do crescimento econômico”, afirmou.

A frase foi dita por Alckmin em evento em São Paulo e ocorre no momento em que o presidente Michel Temer enfrenta uma crise causada pela delação e divulgação de áudio pelo dono da JBS, Joesley Batista.

Ao final do evento, Alckmin adotou tom diferente e mostrou apoio ao governo Temer. “O presidente da República, o presidente Temer está trabalhando, não teve nenhuma decisão do Poder Judiciário, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PSDB mantém o seu apoio, nós temos compromisso com o país, temos compromisso com as reformas. Nós temos que ajudar o país“, disse.

O evento Seminário de Eficiência na Gestão Pública foi organizado pela Prefeitura de São Paulo e contou com diversos caciques do PSDB e prefeitos do partido no estado.

O prefeito de São Paulo, João Doria, disse que sua relação com Alckmin é “indivisível” uma semana após uma operação policial na Cracolândia mostrar descompasso entre as duas gestões.

Integrantes da gestão Doria apontaram que a ação ocorreu antes de medidas protetivas aos usuários, como o cadastro das famílias que viviam na área. O secretário Wilson Pollara, por exemplo, responsável pela área da saúde no município, afirmou que não sabia que a operação iria acontecer e que não estava previsto um “Dia D”.

Doria afirmou neste sábado que a relação é de absoluta integração. “Deixar muito clara a posição do prefeito de São Paulo de absoluta integração com o governo do estado. Relação absolutamente sólida entre governador com o prefeito. Relação essa que não se fundamenta apenas na política, fundamenta em uma história de 17 anos de amizade. Absolutamente indivisível, absolutamente inquebrantável”, diz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: