ONG diz que 75 mil deixaram o norte da Síria desde quarta-feira

Milhares abandonaram casas no norte da Síria

Milhares abandonaram casas no norte da Síria REUTERS/Khalil Ashawi/11.10.2019

A ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos divulgou nesta sexta-feira (11) que mais de 75 mil pessoas deixaram as casas em que viviam, depois da ofensiva da Turquia no norte da Síria, para ocupar uma faixa de aproximadamente 450 quilômetros.

A organização apontou que as pessoas estão deixando as regiões que sofrem os mais intensos ataques, para se refugiar em cidades como a de Raqqa, uma das mais importantes que está sob o controle dos curdos.

Ainda de acordo com o Observatório, os enfrentamentos seguem em Tell Abiad e Ras al-Ain, onde as Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança de milícias lideradas por curdos, tentam conter o avanço das tropas turcas, que avançam rapidamente e já conquistaram diversas localidades.

Em um relatório anterior, a ONG divulgou que os confrontos e os últimos bombardeios em Ras al-Ain provocaram inúmeras mortes, embora não tenha dado o número exato.

A Cruz Vermelha curda, em último boletim, divulgou que desde o início da operação turca, na quarta-feira, já foram registradas 16 mortes e 37 pessoas feridas.

A Turquia tem objetivo de acabar com as Unidades de Proteção Popular (YPG), consideradas terroristas pelo governo de Recep Tayyip Erdogan, devido a ligação com o grupo armado do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: