Polícia Federal ouve 18 presos na Operação Rosa dos Ventos

Polícia Federal ouve 18 presos na Operação Rosa dos Ventos

Polícia Federal ouve 18 presos na Operação Rosa dos Ventos

A Polícia Federal encerrou nesta quarta-feira (23) os depoimentos dos 18 investigados presos temporariamente na Operação Rosa dos Ventos. Quatro suspeitos de envolvimento no suposto esquema de fraude na distribuição de combustíveis estavam foragidos, mas um deles se apresentou à corporação na capital paulista. O nome não foi confirmado pela PF.

Segundo apurou a EPTV, afiliada da TV Globo, entre os procurados estavam Miceno Rossi Neto, André Luís de Souza, Marcos Pinheiro Lira e José Luís Ricardo.

Investigações

Dois suspeitos foram liberados na sexta-feira pela Justiça. Um deles é apontado como um dos sócios da empresa “laranja” do esquema, enquanto o outro é um advogado.

Para combater fraude em distribuidoras, a operação determinou bloqueio de imóveis, carros, aviões e contas bancárias dos investigados. O esquema envolvia sonegação de impostos, multas e provocou prejuízo de ao menos R$ 3 bilhões aos cofres públicos, segundo a Polícia Federal.

Carros importados apreendidos durante operação da Polícia Federal de Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)Carros importados apreendidos durante operação da Polícia Federal de Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)

Carros importados apreendidos durante operação da Polícia Federal de Campinas (Foto: Reprodução / EPTV)

Os bens bloqueados pela Justiça e apreendidos serão usados para ressarcir os prejuízos causados à Receita Federal. As apurações começaram em março do ano passado, em Paulínia (SP).

Ao todo, foram cumpridos 20 mandados de prisão temporária, dos 24 expedidos pela Justiça. Na região de Campinas foram 11 presos, três em São Paulo, quatro em Goiás, um em Belo Horizonte e outro em São Sebastião do Paraíso.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*