Produtor rural deve se adequar às novas regras de rastreabilidade de frutas e hortaliças

Folha Vitória

Folha Vitória Folha Vitória

A Secretaria Municipal de Agricultura e o Incaper vão realizar no próximo dia 18 uma reunião para esclarecer as novas exigências de rastreabilidade para frutas e hortaliças frescas. Será a oportunidade de conhecer e tirar dúvidas sobre os novos procedimentos obrigatórios para quem produz esses alimentos destinados à venda dentro ou fora do Estado.

O encontro vai acontecer às 18h no Centro Cultural e Turístico Máximo Zandonadi, na Vila Betânea. Técnicos do Incaper e da Secretaria Municipal de Agricultura vão dar orientações aos agricultores sobre as novas obrigações para garantir que os alimentos tenham rastreabilidade, ou seja, que seu percurso do campo ao consumidor seja detalhadamente conhecido.

Dentre as novas exigências para o produtor rural, estão a inclusão, na nota fiscal, de identificação do lote, o nome comum da espécie e a variedade, quando houver. Esse e outros procedimentos vão ser explicados na reunião do dia 18.

Prazo está próximo de vencer

As regras começam a valer em novembro. Alguns alimentos, como tomate e repolho, estão sujeitos às determinações desde maio deste ano. Os novos procedimentos têm, dentre outros objetivos, garantir o controle sanitário e a segurança alimentar quanto ao controle de agentes causadores de doenças e uso adequado de agrotóxicos.

:: Serviço

Reunião de orientação sobre novas regras para comercialização de frutas e hortaliças frescas

Quando: 18/09, às 18h

Onde: Centro Cultural e Turístico Máximo Zandonadi, bairro Vila Betânea – Venda Nova do Imigrante

Quanto: gratuito

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: