Anúncios

Propostas para assumir Beneficência Portuguesa ainda são aguardadas pela direção

Entidade acumula aproximadamente R$ 100 milhões em dívidas Crédito: Guilherme Almeida

Entidade acumula aproximadamente R$ 100 milhões em dívidas Crédito: Guilherme Almeida Correio do Povo – Cidades

Mais de 20 dias depois da conclusão do relatório feito pelo Hospital Sírio-Libanês, que sugeriu que a salvação do Hospital Beneficência Portuguesa deve passar por sucessão de CNPJ ou arrendamento do equipamento hospitalar, a instituição ainda aguarda o recebimento de propostas oficiais. Apesar de já ter tido demonstrações de interesses, apenas um deles chegou a ser formalizado e tem o nome guardado em sigilo. “O objetivo é poder fazer o hospital poder funcionar de novo”, se limitou a dizer o presidente do Beneficência, Augusto Veit Júnior. Ele revela, no entanto, que, além da proposta oficial mantida em sigilo, a instituição aguarda desde a semana passada duas novas ofertas serem formalizadas. De acordo com Veit, o atendimento no local, que dispõe de 201 leitos, continua restrito a dois pacientes internados. De acordo com o presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Paulo Argollo, a única proposta recebida tem uma cláusula de confidencialidade, razão pela qual a direção do Beneficência não pode revelar nenhum detalhe. Ainda segundo ele, não é possível informar sequer em qual das opções sugeridas pelo relatório do Sírio-Libanês a oferta se enquadra. O hospital paulista analisou diretamente os trabalhos na instituição portoalegrense do dia 15 de fevereiro ao dia 15 de maio através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). Durante os trabalhos, constatou-se um momento de desestruturação devido a anos de problemas de gestão. A entidade acumula aproximadamente R$ 100 milhões em dívidas e não tem conseguido pagar a folha salarial. O impasse envolvendo o Beneficência será tema de debate da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara na manhã de hoje. Durante o encontro, presidido pelo vereador Cassio Trogildo (PTB), será discutido o andamento das tratativas.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: