Rei da Malásia renuncia ao trono, diz palácio em comunicado

Muhammad V, à direita, e o emir do Catar, Sheikh Tamim bin Hamad al-Thani

Muhammad V, à direita, e o emir do Catar, Sheikh Tamim bin Hamad al-Thani REUTERS/Lai Seng Sin/File Photo

rei da Malásia Muhammad V renunciou neste domingo (6), na primeira vez que um monarca deixa o trono antes de completar o mandato de cinco anos.

A renúncia do rei entrou em vigor imediatamente, informou o Palácio Nacional em comunicado, sem fornecer um motivo. Autoridades do palácio não responderam a pedidos de comentário.

A Malásia tem nove famílias reais, que normalmente se revezam para ocupar o trono. A seleção do próximo rei pode ser decidida por votação no Conselho de Governantes, formado por toas as nove famílias reais.

O comunicado divulgado pelo palácio informou que o rei era grato pela oportunidade dada a ele pelo Conselho de Governantes e agradeceu ao primeiro-ministro e ao governo.

“Sua Alteza trabalhou no cumprimento das responsabilidades atribuídas a ele como chefe de Estado, servindo como um pilar de estabilidade, fonte de justiça, núcleo de unidade…para o povo”, informou o comunicado.

A renúncia ocorre menos de uma semana após o rei ter assumido a função, depois de passar dois meses distante por licença médica.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: