Sumaré tem 25 famílias abrigadas em escolas municipais após chuvas constantes


Administração decretou estado de emergência no final de semana após 130 milímetros de precipitações. Marca de barro em veículo indica a altura que a água chegou em Sumaré (SP)
Felipe Boldrini/EPTV
Vinte e cinco famílias que tiveram suas casas atingidas pelas chuvas constantes do final de semana estão abrigadas em três escolas de Sumaré (SP) nesta segunda-feira (7), segundo a Prefeitura.
No balanço de domingo (6), eram 38 famílias nesta situação, de acordo com a administração.
As famílias estão recebendo alimentação, atendimento médico, vacinação, roupas, produtos de higiene pessoal, além de atividades recreativas.
Emergência
No final de semana o prefeito Luiz Dalben decretou estado de emergência. Segundo o comunicado da Prefeitura, o decreto autoriza órgãos competentes, como a Defesa Civil, “em caso de risco iminente”, a entrar nas residências “para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação e permite a mobilização de voluntários da sociedade civil e de entidades assistenciais para reforçar as ações de resposta aos desastres.”
De acordo com a Prefeitura, entre os dias 4 e 5 de janeiro foram 130 milímetros de chuvas no município, três vezes o volume esperado.
Os pontos mais afetados de Sumaré estão nos bairros Jardins Primavera, Dulce, Basilicata, São Domingos e Três Pontes, além da Vila Diva.
Em casos de urgência, a Prefeitura alerta que devem ser acionados a Defesa Civil pelo 199, Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193, e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, pelo telefone 192. A Guarda Municipal também pode ser acionada pelo número (19) 3873-2656.
Doações
Os moradores que puderem colaborar com doações aos atingidos pelas chuvas podem levar as contribuições ao Fundo Social de Solidariedade, que fica na Rua Dom Barreto, 1.377, no centro, das 9h às 18h.
As doações podem ser levadas ainda nos supermercados Good Bom, Savegnado, Pague Menos, Paraná e Santa Terezinha, além das escolas onde as famílias estão: Escola Municipal Antonio Palioto, na região central
Neusa de Souza Campos, na região do Jardim Picerno
Ramona Canhete, na região do Matão
No bairro Chácara Três Pontes, em Sumaré (SP), parte do imóvel foi levado pela chuva
Felipe Boldrini/EPTV
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: