Surto de bactéria mata duas crianças em hospital na Argentina

Wikimedia Commons

A Argentina está em alerta por conta de infecções bacterianas registradas no hospital infantil Pedro Elizalde, em Buenos Aires, o mais antigo das Américas. O aviso de perigo epidemiológico foi emitido pela secretaria de Saúde do país nesta segunda-feira (10).

Segundo a entidade, cinco crianças, com idades entre 5 meses e 7 anos, que estavam internadas no hospital entre o fim de agosto e o início de setembro, foram infectadas pela bactéria Streptococcus pyogenae, um dos principais causadores da faringite infantil.

Duas delas morreram e outras três ficaram em estado grave e continuam no hospital, mas apresentaram melhora.

Em entrevista ao jornal Clarín, o infectologista Eduardo López, do hospital Ricardo Gutiérrez, explicou que a bactéria é “a causa mais comum da faringite com febre alta e também pode provocar escarlatina e leões na pele”.

López também disse que é raro que o Streptococcus passe para o sangue, mas “se isso acontece, vários órgãos podem ser impactados, que foi o que aconteceu com as crianças que morreram”.

Esse tipo de bactéria é comum no inverno e início da primavera no hemisfério Sul, segundo os especialistas e normalmente tem mortalidade baixa.

Acompanhe o noticiário internacional no R7

Veja abaixo dicas de como diferenciar sintomas de alergias e doenças respiratórias:

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: