Anúncios

Suspeitos de roubar casas são presos após perseguição policial na Marginal Pinheiros, em SP

Quatro suspeitos estavam em um carro. Dois fugiram a pé e dois foram presos, sendo que um acabou baleado. Polícia suspeita que grupo roubava casas na Zona Oeste da capital.

Uma perseguição policial teve troca de tiros na pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castello Branco, na noite de terça-feira (9) e acabou com dois suspeitos presos. A polícia suspeita que o grupo roubava casas na Zona Oeste da capital.

Durante uma ronda, policiais militares pediram que o motorista do carro parasse. Ele não obedeceu e a perseguição foi iniciada. O aspirante Jonathan Malheiros explica como que os suspeitos entraram em ruas na contra mão.

“Em determinado momento, pela Avenida Faria Lima, eles tentaram subir o canteiro central, onde estourou o pneu do veículo e eles conseguiram empreender fuga até a Marginal Pinheiros, próximo à estação Pinheiros da CPTM. Os indivíduos perderam o controle do veículo e desembarcaram efetuando tiros, efetuando disparos contra a equipe. A equipe revidou e conseguiu deter os indivíduos”, diz.

Dos quatro homens no carro, dois fugiram a pé, um foi baleado e outro, preso. A pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castello Branco, ficou totalmente bloqueada por cerca de 20 minutos.

No local, na altura da Estação Pinheiros, havia interdição parcial até as 7h desta quarta-feira (10), e o congestionamento chegava ao Itaim-Bibi.

A polícia acredita que o carro, que tem placa clonada, já foi usado em roubo a residências. Dois celulares, duas pistolas 9 mm e um revólver calibre 38 foram apreendidos.

Lindelberg Rocha Junior tem passagem por roubo, receptação e porte ilegal de armas. A polícia procura os outros dois fugitivos.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: