Trânsito atípico de veículos na Avenida John Boyd Dunlop faz pessoas seguirem a pé em Campinas


Emdec afirma que não houve registro de acidentes no trecho, na altura do bairro Parque Valença. Nos pontos de ônibus, muitas pessoas aguardavam o transporte no início da manhã. Passageiros descem de ônibus por conta do congestionamento na John Boyd em Campinas
Um trânsito atípico de veículos chamou a atenção na manhã desta quinta-feira (19) na Avenida John Boyd Dunlop, no distrito do Campo Grande, em Campinas (SP). O engarrafamento afetou quem precisava seguir para o Centro.
Imagens enviadas por telespectadores à EPTV, afiliada da TV Globo, mostram um grande volume de carros e ônibus, pessoas aguardando transporte público nos pontos e pedestres que preferiram seguir a pé pelas margens da avenida. Há relatos de passageiros que preferiram descer dos ônibus.
O engarrafamento na altura do bairro Parque Valença se estendia até a estrada que liga a cidade à Hortolândia (SP) por volta das 7h30. “Eu estou faz 25 minutos parado aqui e não andei nem 100 metros”, conta o motorista Gustavo Boduan.
Passageiros e pedestres seguem a pé por causa de trânsito atípico na Avenida John Boyd Dunlop, em Campinas.
Cristiane Ferraz
No Terminal do Campo Grande, passageiros relataram à EPTV que os ônibus não conseguem seguir viagem por conta do engarrafamento.
A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) informou que não houve registro de acidentes no trecho nesta manhã e que o trânsito seria causado mesmo pelo grande fluxo de veículos no horário. Além disso, as obras do BRT (Ônibus de Trânsito Rápido) já afetam a região do Campo Grande, com afunilamento de vias, causando transtorno aos motoristas.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

%d blogueiros gostam disto: