Anúncios

Trump: “Democratas não quiseram aumentar controle de armas sob Obama”

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado, 17, que a oposição democrata não aprovou legislação para aumentar o controle de armas no país quando Barack Obama era presidente “porque não quiseram”.

“Igualmente não querem resolver o problema do DACA, porque os democratas não aprovaram legislação para aumentar o controle de armas quando tinham tanta a Câmara Baixa como o Senado sob o Governo de Obama? Porque não queriam, e agora só falam!”, escreveu Trump em um tuíte.

Esta é a primeira vez que Trump menciona o controle de armas desde o tiroteio ocorrido na quarta-feira numa escola secundária de Parkland (Flórida), onde um jovem armado com uma AR 15 matou 17 pessoas.

Na quinta-feira, em discurso sobre o tiroteio, Trump não fez menção alguma a possíveis medidas legislativas para reforçar o controle do acesso a armas de fogo, algo pelo que recebeu críticas da oposição democrata.

Trump é um destacado defensor do direito de portar armas, e há quase um ano fez um discurso na Associação Nacional do Rifle (NRA, na sigla em inglês), um poderoso grupo de pressão que se opõe a reforçar o controle de armas, no qual lhes prometeu que teriam um amigo na Casa Branca.

O presidente, que qualificou o autor do tiroteio na Flórida como uma pessoa “mentalmente desequilibrada”, assinou no ano passado uma ordem que suspendia um regulação impulsionada por Obama para impedir que pessoas com problemas mentais pudessem comprar armas de fogo.

Obama pressionou o Congresso para que reforçasse o controle de armas, especialmente a partir de dezembro de 2012, quando morreram 20 crianças em um tiroteio em uma escola de Newtown (Connecticut).

Os democratas controlaram ambas as câmaras do Congresso durante os dois primeiros anos de Obama na Casa Branca, mas os republicanos recuperaram o controle da Câmara Baixa em janeiro de 2011, e o do Senado em 2014. /EFE

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: