Anúncios

Vídeo mostra destruição e homens armados durante ação da polícia na Cracolândia

Quatro pessoas foram presas durante entrada de guardas e PM na região. Nesta quinta, venda de drogas já era normal na região.

Imagens divulgadas pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) mostram homens armados e pessoas tentando destruir câmeras de segurança que fazem a vigilância pública da região durante uma confusão que ocorreu na quarta-feira (10) na Cracolândia, no Centro de São Paulo.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (11) que vai acabar com a Cracolândia “muito em breve” e “antes do mandato acabar”. A gestão de Doria termina em dezembro de 2020. O tucano também defendeu a ação da GCM, que invadiu a área tomada por usuários e traficantes de drogas para recuperar um celular furtado.

Usuários de drogas e traficantes montaram barricadas, e a polícia usou bombas de gás para dispersar as pessoas. 15 homens armados de paus e pedras sequestraram um ônibus e roubaram passageiros, assumindo a direção do veículo de transporte municipal.

Um vídeo inédito divulgado pela GCM mostra um homem tentando quebrar uma câmera de segurança, que é blindada. Ao não conseguir quebrar a câmera, ele desiste. Também aparecem nas imagens um homem armado. Em outra foto, há fumaça saindo da pistola de um homem e outro aparece usando um colete à prova de balas.

Quatro pessoas foram presas durante o confronto, mas nenhuma por tráfico. Na região, foram destruídos cinco carros, incluindo uma Kombi da prefeitura.

Apesar do rastro de destruição deixado pelo confronto na região, barracas de drogas, que haviam sido desmontadas durante a confusão, já estavam montadas novamente antes das 7h desta quinta, com movimento de usuários de drogas intenso.

Por volta das 12h, um homem foi assaltado e teve o celular roubado por um homem armado.

A Polícia Militar diz que mantém um policiamento ostensivo na região, com 150 homens, bases móveis e fixa, além de rondas de moto e a pé. Imagens aéreas da região mostram apenas uma base móvel em frente à estação Júlio Prestes da CPTM e outros cinco policiais a cavalo. O Comando de Policiamento da PM na capital disse que a Cracolândia está com os dias contados.

“Eu posso afiançar para você que embora a situação pareça estar complemente fora de controle, em breve será resolvido. Eu estou acompanhando todas as tratativas referente a uma intervenção que em breve ocorrerá na região por parte da prefeitura, no encaminhamento, nos cuidados com os usuários de droga e principalmente na revitalização daquela área”, afirmou o coronel Celso Luiz Pinheiro.

O diretor do Conselho de Segurança de Santa Cecília, a região central de São Paulo, diz que a situação na Cracolândia está fora do controle. Já a prefeitura diz que o projeto Redenção, que está sendo feito em parceria com o Ministério Público e o governo do Estado, além de parcerias da sociedade civil, está em fase de conclusão e vai ser implementado até o fim de maio.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: