MÃE: DIVINA ESPERANÇA E FÉ NA HUMANIDADE

Ao final deste dia consagrado às mães, é necessário fazer uma reflexão sobre a sua importância.

A mãe de cada um de nós não tem valor apenas familiar. Ela extrapola isso, porque é a manifestação Divina de que tudo pode melhorar em nossas vidas.

Mesmo com todas as dores do parto, a verdadeira mãe, antes de sê-lo, e ciente das agruras que existem no mundo, não desiste de dar ao mundo novas esperanças.

Esperança em um mundo melhor, renovado, mais humano, personificado no filho que terá. Não está trazendo à vida um ser que será exclusivamente seu. Ela tem a consciência de que, a partir de certa época, o filho ou filha pertencerá ao mundo e, como tal, estará incumbido, como todos, a fazer dele um lugar melhor.

É difícil imaginar que alguém possa se dispor a todas as restrições e cuidados extras decorrentes da geração de uma vida, se não tiver esperança em um mundo melhor.

Mesmo que inconscientemente, cada mãe existente é o retrato da ESPERANÇA.

A mesma esperança que move a humanidade a superar os desafios, muitos deles de criação própria, mas que acabam sendo inerentes a nossa existência.

Ao celebrarmos e homenageamos nossas mães, estamos reforçando a nossa esperança em dias melhores.

Se nós reforçamos nossa fé na vida a cada criança que nasce, devemos sempre, não apenas em um dia, nos lembrar da fonte dessa dádiva, que são as mães.

Se o Criador nos concebeu em um patamar acima dos demais seres viventes, com a nossa inteligência e racionalidade, nos propiciou um pouco da Sua Divindade e eterno cuidado, ao nos dar, como presente, uma guardiã atenta e incansavel, personificada na figura materna.

Portanto, quando festejamos nossas mães, e devemos fazê-lo todos os dias com nossas ações, estamos exaltando, mesmo sem consciência disso, a Divindade, e reafirmando nossa fé em nós mesmos, na própria Humanidade.

Feliz Dia das Mães, Feliz Humanidade!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Author: José Vieira

Jornalista, Diretor da Associação Paulista de Imprensa - API, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, MBA em Gestão Pública, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *