MUTAÇÃO DO CORONAVÍRUS NA CHINA

*Getty imagens

 

Em notícia recentemente divulgada pela Bloomberg News, mutações do coronavírus foram detectadas na China, em região diversa de Wuhan, demonstrando que o vírus pode se modificar de uma região para outra.

Conforme a reportagem:” Pacientes nas províncias de Jilin e Heilongjiang, no norte do país, parecem portar o vírus por um período mais longo, e seus testes demoram mais para dar negativo, disse Qiu Haibo, um dos principais médicos da China especializado em cuidados intensivos, em entrevista ao canal de TV estatal… “.

A realidade que se impõe nos mostra que esse vírus é extremamente rápido em adaptar-se a novos locais ou populações, gerando grande dificuldade para a elaboração de vacinas ou para o estabelecer tratamentos para seus efeitos, o que reforça a necessidade do isolamento social, inclusive entre regiões, para que o trabalho dos cientistas não se transforme em um trabalho de Hércules.

Nos EUA já haviam sido detectadas aproximadamente seis mutações do Covid-19, e não é de se duvidar que isso ocorra no Brasil também. 

Daí a necessidade do isolamento social, como medida suavizadora do impacto danoso à vida humana, gerado pelo vírus.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Author: José Vieira

Jornalista, Diretor da Associação Paulista de Imprensa - API, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, MBA em Gestão Pública, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *