COVID-19 NO BRASIL: A RESPONSABILIDADE NO COMBATE É DE TODOS

Até agora a imprensa, de um modo geral, têm responsabilizado os governantes pelos estragos e mortes gerados pela pandemia de Covid-19.

Porém, é preciso reconhecer que a própria população tem grande responsabilidade quanto aos índices absurdos de contaminação atuais.

Principalmente quando vemos festas clandestinas, multidões nas praias sem máscara e bares lotados, percebemos que o povo está confrontando com uma situação contra a qual não há resistência: ou são cumpridas as medidas de isolamento social, com o uso de álcool em gel e máscara, ou morreremos.

O vírus é uma força da natureza originariamente indomável, enquanto não são desenvolvidas formas de prevenção e de tratamento de seus efeitos no ser humano.

Todo cidadão consciente e responsável deve pensar em sua família e na sociedade em que vive, fazendo um esforço de guerra para que possamos, em breve, ter dias melhores.

Não basta que os mais idosos fiquem em casa isolados; é preciso que os mais jovens se preservem para não contaminá-los em casa.

Os recursos da Saúde Pública no Brasil sempre foram escassos e agora ficaram muito mais, com o aumento inimaginável da demanda por atendimento, principalmente por leitos de UTI, os mais caros que existem.

Se nós não colaborarmos, estaremos cavando mais uma sepultura, imensa, para toda a economia do país.

Este virus está pondo à prova nossa resiliência, determinação, e senso de superação.

É, possivelmente, a evolução cobrando o seu preço: se formos disciplinados, conscientes, determinados e responsáveis o bastante, viveremos. Em caso contrário, iniciaremos o nosso ocaso.

Aqui você já sabe: virou notícia, Brasil Comenta.

Share and Enjoy !

Shares

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *