BRASIL: COMBUSTÍVEIS A PESO DE OURO

Não é de hoje que o preço dos combustíveis é escorchante no país.

Porém, após sucessivos aumentos desde 2020, os preços da gasolina e do álcool atingiram níveis insustentáveis.

Para a população o responsável pela situação é o governo federal. Já este, de forma direta e objetiva, infoma que os responsáveis são os governadores, em razão das alíquotas do ICMS nos estados.

De fato, é necessário ressaltar que o governo federal zerou as alíquotas federais que incidiam sobre o preço da gasolina, numa tentativa de amenizar a situação.

Porém, isso não bastou, pois os governos estaduais não realizaram qualquer iniciativa para a redução de suas alíquotas.

Basta verificar a importância uma tabela publicada em maio deste ano, em matéria do jornal Valor Econômico:

 

Observando a tabela fica fácil perceber o impacto do ICMS, imposto estadual, no preço dos combustíveis.

Neste caso, sem dúvida, o governo federal tem razão.

Os governadores têm que repensar sua política tributária, sob pena de serem apontados como os responsáveis diretos pelo absurdo aumento do custo de vida, impulsionado pela carestia dos combustíveis. O Brasil precisa deste esforço.

Share and Enjoy !

Shares

Author: José Vieira

Jornalista/Articulista, bacharel em Direito(aprovado na OAB), servidor público, professor do Centro de Estudos e Ensino em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, pós graduado em Direito da Comunicação Digital, com MBA em Gestão Pública,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *